Páginas

Pesquisar este blog

17 de julho de 2010

De um dia agitado...

Hoje fui para uma das veias principais da minha cidade natal, a vigésima quinta avenida. Devido o tempo chuvoso, frio e nublado (triste, digo de passagem) não estava lotada como é conhecida. Gosto muito de pessoas, essa relação involuntária, essa interação mesmo que só de olhares, muito bom!

Após achar meu livro "180 pensamentos de filósofos", ele se tornou o meu "indesgrudável objeto preferido" (hehe) e voltando da 25, no trem, li-o. Gosto muito de humanas e não sei se por consequência, mas odeio exatas. Ainda quero fazer uma faculdade de Filosofia, acho muito interessante. Bom, voltemos ao livro. Depois de várias citações e reflexões, um tanto quanto, psicologicamente desgastantes, cheguei ao trabalho. Terminei o que tinha que entregar e fui para Campinas, no Fórum Trabalhista (totalmente comum, para quem trabalha em um advocacia!). Pra não perder a viagem, fui à casa de uns amigos muito queridos.

Depois de tudo, muita conversa, Fifa e um jantar maravilhoso, cantamos e tocamos. A casa tendo um piano, me arrebata de imediato, como foi. Já tarde, voltamos pra casa e cheguei agora há pouco.

Em casa, revivo e reflito todo meu dia (e essa é a parte mais difícil!). Não tenho conclusões extraordinárias, ou superinteressantes, a ponto de me consagrar filósofo, mas vejo que sendo o tempo imutável e incontrolável, só posso organizá-lo, para poder torná-lo cada vez mais produtivo e significativo. Pois nada melhor do que sempre viver momentos memoráveis e inesquecíveis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário