Páginas

Pesquisar este blog

14 de julho de 2010

Não podia dormir, sem me esvaziar disso...

Domingo a noite, a hora mais triste pra mim do fim de semana, no dia 11/07, foi diferente. Quase indo dormir, tinha que escrever isso:

Perco o norte do seu lado

Pois já és constante no oeste do meu peito
Não vejo a hora passar
E meu remédio é você
Teu riso que fascina
E inspira minha rima
Faz o dia mais infeliz
Belo e completo
Do teu lado não sinto falta de nada
Fome? Só do teu amor
Ar? Só o teu perfume
Basta e complementa
Junto com tua beleza que é única
Ao mesmo tempo que quero escrever
Perco a inspiração
Porque te amar, quero mais que no papel
Quero hoje, amanhã e até quando você puder respirar
Meu coração ora bate, ora pára
Mas se é por ti, tudo vale!
Minha esperança de uma bela vida
E continuar a te amar e encontrar eco
No seu coração
Talvez haja algo desperto e incômodo
Mas na hora certa serei eu que à tua porta baterei
E com o porquê de que como é
Pra sempre te amarei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário