Páginas

Pesquisar este blog

27 de setembro de 2010

Café com gotas de chuva

Café com gotas de chuva
Do céu onde vivo com os pés no chão
Muda o sabor da vida o que vem do céu
Mostra ao ser o natural à sua solução

Pro viver sem vida
Sem brilho ao redor
Um simples desperte
Pra um reinício melhor

Ver beleza no pequeno
Reparar no de cór
Compreender o complexo
Minunciar o maior

Refletir em segundos
Anos que no tempo passaram
Perceber os imperceptíveis
Momentos que marcaram

O esclarecimento
De uma vida confusa
Um novo nascimento de um simples
Café com gotas de chuva

Um comentário:

  1. O poema mais lindo que já li!! Ai, me apaixonei!! Vc já não é mais um "menino-poeta", é um grande "poeta-homem"...
    Parabéns lindão!!

    ResponderExcluir